O seu navegador necessita de suporte Javascript para esta funcionalidade. Museu de Évora - N.º 4 OUT 2010
28 de Maio de 2017
Utilize as teclas de atalho Alt+1 para navegar para a área de conteúdos do sítio web.

N.º 4 OUT 2010

Nesse quarto número, propomos um novo olhar à colecção de pintura do Museu, com um texto escrito por ocasião da exposição realizada em Setúbal para as comemorações do segundo centenário da morte do pintor José Soares de Faria e Barros, mais conhecido como Morgado de Setúbal. Para além das numerosas obras representadas no acervo do Museu é significativa a relação estabelecida pelo pintor com o coleccionador Frei Manuel do Cenáculo.

O património da cidade de Évora e, particularmente, a azulejaria e a talha dourada, é o segundo tema revisitado, com novas obras documentadas dos mestres entalhadores Manuel e Sebastião Abreu do Ó. Também ficamos a conhecer melhor uma intervenção coeva na azulejaria do Convento de São Bento de Cástris, com a identificação das gravuras que estiveram na origem dos painéis da Vida de São Bernardo, numa campanha datada dos anos de 1782-1785.

A hagiografia e o culto de São Manços em Évora abrem a possibilidade de comparação com diversos achados arqueológicos mais recentes, numa oportunidade de divulgar os trabalhos realizados pelos alunos da Universidade de Évora que gostaríamos de prosseguir em próximos números.

Por último, numa colaboração especial com a Região de Turismo do Alentejo, associamos ao boletim a versão digital do Guia de Museus do Alentejo que, além de prover informações úteis para o conhecimento das oito dezenas de instituições, procura indicar linhas de continuidade entre as diversas colecções dos museus da região.